Estado brasileiro reconhece blockchain como certificado digital
Estado brasileiro reconhece blockchain como certificado digital

Um estado brasileiro passou a reconhecer a tecnologia blockchain como forma de certificação digital. Com a decisão, o Rio Grande do Norte é o primeiro estado do Brasil em que a blockchain ganha tal reconhecimento.

Esse reconhecimento permitirá que a tecnologia seja utilizada em diversos processos de autenticação de documentos, estendido para toda a população do estado nordestino. Além disso, a iniciativa poderá ser adotada em demais estados brasileiros, em processos de gerenciamento de dados que devem acelerar a digitalização de informações e documentos.

Rio Grande do Norte se rende à tecnologia blockchain

A lei que trata sobre o reconhecimento da blockchain no Rio Grande do Norte foi aprovada recentemente. O reconhecimento dessa tecnologia permite até que informações prestadas através da blockchain seja utilizada para a conferência de dados pelo estado.

O Rio Grande do Norte reconheceu a tecnologia blockchain como um processo de certificação digital. O reconhecimento aconteceu após a aprovação da lei 10.513. A lei foi aprovada há cerca de um mês atrás, e propõe o reconhecimento para a tecnologia blockchain através de seu texto já sancionado pela governadora do estado, Fátima Bezerra (PT – RN).

Estado é o primeiro a reconhecer a tecnologia blockchain no Brasil

Lei 10.513 cita criptografia e chave pública e privada

A tecnologia blockchain passou a ter validade jurídica no Rio Grande do Norte. Além disso, processos administrativos poderão ser verificados pela mesma tecnologia, recentemente aprovada como certificação digital pelo estado nordestino.

Uma lei garante a utilização da tecnologia blockchain por parte dos cidadãos do Rio Grande do Norte. Na lei 10.513, o termo criptografia aparece ao lado de chave pública e privada, claramente relacionados à tecnologia blockchain.

Empresas poderão prestar dados através da blockchain

Com a aprovação da lei 10.513 no Rio Grande do Norte, a tecnologia blockchain ganha um importante destaque no estado. Ao ser utilizada como certificação digital, a tecnologia poderá ser uma ferramenta para a prestação de dados. Nesse caso, até mesmo empresários serão beneficiados com a lei.

Como a blockchain pode ser utilizada em diversos tipos de gerenciamento de dados, empresários poderão integrar a tecnologia em seus negócios. Sendo assim, a prestação de informação sobre a empresa poderá ser realizada através da tecnologia blockchain no Rio Grande do Norte.

Outro estado nordestino aposta em melhorias para o transporte com a blockchain

A tecnologia blockchain pode ser utilizada para otimizar produtos e serviços que necessitam de gerenciamento digital de informações. Além disso, essa tecnologia permite maior transparência de dados, que pode ser utilizada até em importantes mudanças para o transporte público.

Esse é o caso de Teresina, a capital do Piauí. A cidade utilizará a tecnologia blockchain para o gerenciamento de informações do transporte público. O objetivo do projeto é que a tecnologia blockchain ofereça mais transparência para os usuários. Desse modo, informações sobre o transporte público na capital estarão disponíveis publicamente.

O projeto deverá apresentar informações sobre as viagens, veículos e qualquer dado que possa ser útil aos utilizadores. Essas informações devem ser utilizadas também para melhorias futuramente implantadas no setor de transporte público de Teresina – PI.



CÒDIGO DE CONVITE: Kwai199695017

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui